terça-feira , dezembro 7 2021

Chico Buarque entra na Justiça contra governador do RS

Chico Buarque entrou na Justiça contra o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), por ter usado, sem autorização, o nome e imagens do cantor em um vídeo que está sendo divulgado em suas redes sociais.

De acordo com o advogado João Tancredo, que representa o cantor na ação, eles buscam a imediata retirada do material da internet e o valor de 40 salários mínimos como indenização.

“Como o vídeo está circulando, a gente tinha que tomar uma providência imediata. Isso espalha como rastilho de pólvora”, disse o advogado ao portal G1.

Tancredo comentou também que Eduardo Leite fez uso político da obra e do nome de Chico Buarque sem a autorização do artista.

As pessoas usam a sua imagem ou fazem ofensas em decorrência disso e acham que vai ficar tudo bem. E não pode ser assim. Isso tem consequências. Você quer usar uma marca de alguém sem autorização, vai ter consequência. O Chico Buarque é avesso a processo, e ele tem toda razão. O processo é uma coisa ruim, mas tem hora que não tem outra saída. Como a gente defende com unhas e dentes o estado democrático de direito, o caminho é o Judiciário”, completou João Tancredo ao portal G1.

No vídeo, publicado às vésperas do feriado de 7 de Setembro, Eduardo Leite comparou Chico Buarque e Sérgio Reis por suas militâncias políticas. Há duas semanas, o cantor sertanejo apoiador do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ameaçou ministros do STF (Supremo Tribunal Federal). Já o compositor da MPB defende Lula e o PT, porém nunca afrontou a democracia e a Constituição de 1988.

“Basta ver em Chico Buarque e Sérgio Reis duas belezas musicais, e não só duas escolhas políticas. Basta lembrar que nós, assim como eles, somos todos brasileiros”, disse Leite no vídeo.

Yahoo

Veja Também

Juíza suspende atividade profissional de sete advogados suspeitos de fraude; OAB-GO vai recorrer

Sete advogados tiveram a atividade profissional suspensa cautelarmente, por força de decisão judicial, por suspeita …