MUNDO JURÍDICO

 

Ministro do STJ defende aplicação de medidas cautelares em maior número

Redação

 

10/10/2017 às 06:10

O ministro do STJ Rogério Schietti Cruz, defendeu que medidas cautelares sejam utilizadas com mais frequência por juízes como alternativa às prisões. Schietti afirmou que o encarceramento tem de ser utilizado como última opção e em casos mais graves, ou em situações em que o réu se comporta de tal maneira que justifique sua prisão.

 

"O juiz não pode sair decretando [prisão] a torto e direito sem justificar a inexistência de outra providência, também adequada, mas com a carga coativa menor. Se ele percebe que alguma dessas providências, ou a soma de várias delas, terá o mesmo resultado de uma prisão, porque impô-la? A prisão não pode ser um estigma, a primeira providência a ser tomada, e sim a última. Se eu tenho uma medida que atenda, que resolva a situação, e seja menos interventiva, que seja aplicada", disse o ministro, que também é presidente da 3ª Seção do STJ, especializada em Direito Penal.

 
 

 Fonte: Da Assessoria

 
 

DIREITO HOJE

 

REDES SOCIAIS

 

GALERIAS

 

VÍDEOS

 
 
 
 
         
   Coordenação Editorial - Nelson Nery Costa / Kléber Mourão
   Redação: direitohoje@gmail.com / Jornalismo: Denise Cordeiro • (86) 9482-1608
Publicidade: 9437-3797 / 9925-8066 / 9401-5421

   © 2013 IMAGEM BRASIL - Rua Gabriel Ferreira, 362, Edifício Espaço Arquitetura
Sala 303/304 • Centro/Sul • Teresina-PI • Cep: 64001-250 • Fale conosco: (86) 3222-8773